Pequeno ensaio sobre o desejo

6 03 2010

Desejo

 

Naquela manhã Rebeca lembrou-se dos tempos de escola, época que o marido olhava as pernas das meninas de saia na hora do recreio. Ah como seria patética essa lembrança caso não tivesse vestido Michel com seu desejo! 

Ainda sem acordar completamente percebeu que as ruínas de seu casamento ainda refletiam na xícara de café e no espelho do banheiro. Ao mesmo tempo pensava como era duro saber que agora sem ela ele não tinha mais chances de um dia entender a diferença entre  shampoo e condicionador.

Por outro lado, a teoria de que  o medo de escuro de Rebeca desapareceria com o tempo escorreu pelo ralo do chuveiro quando ela se lembrou que teria que dormir sozinha aquela noite.

Por Leonardo Ribeiro

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: